A mulher de gêmeos

Mercúrio dá o brilho intelectual, a vivacidade, a sensibilidade e o mistério que outorga também ao homem, fazendo da geminiana uma agradável companheira, porém má dona-de-casa.

Agrada-lhe muito o racional, destacando-se em tudo o que se relaciona com a "papelada" e o uso da inteligência; seu critério é muito unilateral e totalmente racional, pelo que, como geralmente acontece, acaba em desavenças com o companheiro de matrimônio. Necessita controlar muito esse "eu" (defeito) de exclusividade e de independência, o que exige ao mesmo tempo uma elevada dose de compreensão de que é demasiado egoísta, no aspecto pessoal, ou seja, que exige sem dar.

O volátil mercúrio filosofal, o "aéreo azougue", dá à feminina geminiana muita graça e discrição em seus movimentos, resultando portanto muito atrativa para o sexo oposto. Necessita amar bastante a seu marido para adaptar-se às necessidades do lar.

Como o varão, é inclinada a ir "à conquista", porém, por ser regular, conserva sempre sua dignidade.

Definitivamente não pode estar só, de tal maneira que convém a ela buscar uma tarefa fora de seu lar, coisa que pode fazer sem se descuidar dele.

Resulta também muito contrariante seu raciocínio excessivo, já que querem resolver tudo cerebralmente, e não com o coração. Talvez seja esta atitude que o desconcerte, a tal ponto que busca e necessita constantemente de muita compreensão e proteção; por isso necessita de muito amor, ainda que não o dê por igual; e sua necessidade é tal que pode ser facilmente enganado.

A mulher do signo de gêmeos gosta de alternar beijos mais profundos e intensos com leves beijocas e brincadeiras com a ponta da língua, percorrendo os contornos da boca da pessoa amada, mordiscando-a, saboreando-a ... é um beijo meio moleque, gostoso, jovial e cativante. 

Comunicativa e versátil, possui grande facilidade para fazer amigos e pode se adaptar a qualquer situação com muita rapidez. Com isso, consegue ter sucesso em todas as atividades a que se dedica. Imaginação, criatividade e inteligência são outras características marcantes, além de detestar a monotonia. Costuma viver aventuras. Amigos e familiares aparecem com freqüência. 

Terceiro signo do Zodíaco, a função básica de Gêmeos é disseminar e difundir o que Touro criou e consolidou a partir do impulso de Áries. O movimento da criação de algo passa sempre, no Zodíaco, por um processo trifásico, ou seja: um signo manifesta um impulso, em seguida outro a estabiliza e concentra e em seguida um outro a distribui, dissemina para que outro processo tenha início.

Aqui, temos a conclusão do primeiro processo trifásico da ordem universal. Em Gêmeos, tudo já foi manifestado e trata-se agora de espalhar a notícia de que algo existe. Ou, em outras palavras, é chegado o momento de entrar em contato com o meio em que o que foi criado se manifestou. Neste contato com o meio, algo necessariamente irá mudar, se alterar, se transformar, para dar início a um novo impulso, que terá lugar em Câncer.

Então, Gêmeos chega para levar a notícia, para informar a todos de algo novo que foi criado e que agora existe. Por isso, Gêmeos não existe para consolidar, nem para impor nenhum desejo. Ele tem a curiosidade e a maleabilidade necessárias para fazer com que aquilo que foi criado e manifestado entre em contato com um todo maior, o meio. Daí a relação de Gêmeos com a notícia, a informação, a variedade, a troca, em uma palavra. O que entra e o que sai de qualquer organismo é função de Gêmeos. Tudo é movimento, nada é constância.

Quem nasceu para levar e trazer notícias e informações não pode carregar um fardo pesado que o imobilize, assim Gêmeos é: agente de ligação, repórter da vida, chefe do intercâmbio, aprendiz de tudo, falante de muitas línguas, mestre da mágica de convencer pela palavra. Isso também tem sua contrapartida na vida de Gêmeos: é duro ter de se conformar com alguns poucos caminhos, pois as opções são tantas e tão ricas. Os destinos podem ser tantos, a vida é um jogo de relacionamentos, excitante e cheia de aventura.

A distração e a dispersão se tornam os maiores problemas na vida de Gêmeos.

O homem de gêmeos

Sua dupla personalidade e caráter cambiante não o dão de forma alguma a característica de homem fiel; assim, martiriza sua espôsa no matrimônio ou sua companheira; ainda assim, quando voltar à anterior personalidade, novamente jurará fidelidade e amor eterno, o que durará até que apareça de novo o outro "eu", que inclusive desfruta não somente com seu caso, ou romance, senão também com os "preliminares".

No entanto , nesse dualismo, anseiam encontrar uma companheira perfeita. Sua arma de conquista, naturalmente, é sua intensa intelectualidade, pois Mercúrio lhe dá uma mente muito fecunda e capaz de grandes façanhas.

Sua grande mobilidade o impede de ficar em um ponto de equilíbrio, não pode estar circunscrito, limitado nem impedido, e bem no fundo seu "outro eu" sempre o chamará para uma nova conquista, ainda que esteje envolvido por uma verdadeira e transbordante paixão.

É hábil nos flertes, galanteios e adulações, com a agilidade da palavra; muito ciumento para com seu amor, devido ao machismo.

Seu sistema nervoso "tão móvel" necessita de uma companheira de matrimônio demasiado compreensiva, que não o exaspere, que lhe dê a sensação de segurança e firmeza, coisas que ele não tem; é tanta a necessidade disso que pode pedi-la com contrariedade.

Pretende ser tratado como homem, porém se comporta como um jovem inseguro.

Volúvel e cambiante, pode deixar de pronto um amor que parecia ser definitivo, como se nada jamais houvesse acontecido. Seu principal complemento é o mercuriano, pelo que estará satisfeito e será fiel, desde que ache afinidade de mentalidades. Como é demasiado volúvel e inquieto por dentro, por fora exige repouso, segurança e tranqüilidade; assim, pois, uma pessoa que lhe dê essa pacífica e constante segurança, pode fazê-lo sentir-se feliz, especialmente se a pessoa escolhida souber lhe dar compreensão em seu quase constante estado de nervosismo e instabilidade; mesmo assim, será volúvel várias vezes, e até infiel.

O geminiano gosta de alternar beijos mais profundos e intensos com leves beijocas e brincadeiras com a ponta da língua, percorrendo os contornos da boca da pessoa amada, mordiscando-a, saboreando-a ... é um beijo meio moleque, gostoso, jovial e cativante. 

Comunicativo e versátil, possui grande facilidade para fazer amigos e pode se adaptar a qualquer situação com muita rapidez. Com isso, consegue ter sucesso em todas as atividades a que se dedica. Imaginação, criatividade e inteligência são outras características marcantes, além de detestar a monotonia. Costuma viver aventuras. Amigos e familiares aparecem com freqüência. 

Terceiro signo do Zodíaco, a função básica de Gêmeos é disseminar e difundir o que Touro criou e consolidou a partir do impulso de Áries. O movimento da criação de algo passa sempre, no Zodíaco, por um processo trifásico, ou seja: um signo manifesta um impulso, em seguida outro a estabiliza e concentra e em seguida um outro a distribui, dissemina para que outro processo tenha início.

Aqui, temos a conclusão do primeiro processo trifásico da ordem universal. Em Gêmeos, tudo já foi manifestado e trata-se agora de espalhar a notícia de que algo existe. Ou, em outras palavras, é chegado o momento de entrar em contato com o meio em que o que foi criado se manifestou. Neste contato com o meio, algo necessariamente irá mudar, se alterar, se transformar, para dar início a um novo impulso, que terá lugar em Câncer.

Então, Gêmeos chega para levar a notícia, para informar a todos de algo novo que foi criado e que agora existe. Por isso, Gêmeos não existe para consolidar, nem para impor nenhum desejo. Ele tem a curiosidade e a maleabilidade necessárias para fazer com que aquilo que foi criado e manifestado entre em contato com um todo maior, o meio. Daí a relação de Gêmeos com a notícia, a informação, a variedade, a troca, em uma palavra. O que entra e o que sai de qualquer organismo é função de Gêmeos. Tudo é movimento, nada é constância.

Quem nasceu para levar e trazer notícias e informações não pode carregar um fardo pesado que o imobilize, assim Gêmeos é: agente de ligação, repórter da vida, chefe do intercâmbio, aprendiz de tudo, falante de muitas línguas, mestre da mágica de convencer pela palavra. Isso também tem sua contrapartida na vida de Gêmeos: é duro ter de se conformar com alguns poucos caminhos, pois as opções são tantas e tão ricas. Os destinos podem ser tantos, a vida é um jogo de relacionamentos, excitante e cheia de aventura.

A distração e a dispersão se tornam os maiores problemas na vida de Gêmeos.

Fonte : esoterikha