Uma carta aos meus sentimentos

Uma carta aos meus sentimentos!
 Por tanto tempo os mantive em segredo, com medo de que alguém os descobrissem e os usassem contra mim. Mas a verdade é que quanto mais tentava escondê-los, mais o meu íntimo se inchava de dor, sofrimento, orgulho ferido, coração partido e palavras não ditas. 

E por falar em orgulho... ah, esse era o único sentimento que se sobressaia. Logo o orgulho. Aquele que te faz mal e te separa do que poderia te fazer bem. Afinal quantas vezes dizemos não querendo dizer sim? 

O medo de que descubram nossas fraquezas é constante. Se souberem que amo, choro, me importo e sofro, saberão como me atingir. Como é difícil desconstruir esta ideia.  

Hoje eu sei que só há um ser em todo o universo que pode me atingir e me fazer sentir mal pelos meus sentimentos. EU MESMA! 

Somente eu sou capaz de me boicotar. Somente eu posso anular os meus sentimentos. Somente eu posso deixar que diminuam a minha dor. SOMENTE EU! 

E eu não estou mais disposta a isso. Não vou continuar guardando pra mim o que quero gritar aos quatro ventos e muito menos permitir que diminuam o que sinto. Eu sou forte. 

Por isso digo, queridos sentimentos, sejam bem vindos! 

Facebook Twitter Pinterest Google+ Email Addthis